Busca

comunica

inscrições linguísticas na comunicação

Reedição da campanha Natal sem Fome acende luz amarela

Dez anos depois

De exemplo internacional em políticas de segurança alimentar, Brasil corre risco de voltar ao Mapa da Fome da ONU. Iniciativa da Ação da Cidadania alerta a sociedade sobre rumos do atual governo
por Tiago Pereira, da RBA publicado 22/10/2017 12h49, última modificação 22/10/2017 18h32
Reprodução/Ação da Cidadania
Natal sem fome

Quem tem fome tem pressa: campanha pretende arrecadar 500 toneladas de alimentos que serão distribuídos em dezembro

 

São Paulo – Fundada pelo sociólogo Herbert de Souza, o Betinho, em 1993, a ONG Ação da Cidadania relançou no último domingo (15) a campanha Natal Sem Fome, em parceria com a Organização das Nações Unidas, para arrecadar alimentos que serão distribuídos em dezembro. A campanha havia sido encerrada em 2007, devido à redução da pobreza no país.

Continuar lendo “Reedição da campanha Natal sem Fome acende luz amarela”

Anúncios

A perigosa caixa preta dos algoritmos e a campanha eleitoral de 2018

Lei libera propaganda política no Facebook enquanto empresa enfrenta escândalo nos EUA
Brasil não dispõe de regra, como europeia, que exigirá informações sobre os algoritmos

 

Renato Leite Monteiro em El País – Brasil, compartilhado por Em Rede.
São Paulo, 11 de outubro de 2017.
Supercomputador Watson.
Supercomputador Watson. EDU BAYER

A ProPublica, um instituto de jornalismo independente estadunidense que já ganhou diversos prêmios por seu trabalho investigativo, recentemente noticiou que softwares utilizados para ajudar magistrados dos Estados Unidos a calcular penas com base na probabilidade de os acusados cometerem novos crimes tinha um grave problema: se o indivíduo era negro, o algoritmo concluía que, em algumas situações, este tinha chances quase duas vezes maior do que um branco de cometer novos ilícitos. Com base neste cálculo, juízes condenaram negros a penas bem maiores do que indivíduos brancos com antecedentes e histórico de bom comportamento similares. Havia um outro grande problema: ninguém sabia que critérios eram utilizados para realizar o cálculo de risco. Devido a essa falta de transparência, em breve um caso será revisto pela Suprema Corte Americana porque o acusado afirmou que seu direito ao devido processo legal foi violado quando lhe foi negado o direito a entender o funcionamento do algoritmo.

Continuar lendo “A perigosa caixa preta dos algoritmos e a campanha eleitoral de 2018”

Inflexões discursivas: um outro mundo é possível?

Líder neonazista se declara gay, revela herança judaica e abandona movimento no Reino Unido

Opera mundi

Kevin Wilshaw, de 58 anos, passou toda a vida adulta promovendo o supremacismo branco, mas foi alvo de abusos dentro do próprio movimento

Um proeminente líder neonazista da Frente Nacional (NF) britânica deixou o movimento após se declarar gay e revelar a sua herança judaica. Ele fez as revelações sobre seu passado violento enquanto renunciava ao extremismo de extrema direita.

Kevin Wilshaw, em foto de 2016 (Reprodução)

Kevin Wilshaw, de 58 anos, passou toda a vida adulta promovendo o supremacismo branco e era uma figura de alto perfil na Frente Nacional na década de 1980. Em 2017, ele ainda fazia discursos em eventos extremistas e havia sido preso em março.

Continuar lendo “Inflexões discursivas: um outro mundo é possível?”

Nota pública sobre as declarações do Ministro da Justiça acerca da Classificação Indicativa

Postado em 11/10/2017 em Notícias |

Captura de Tela 2017-10-11 às 21.55.28

A ULEPICC-Brasil se junta ao Comitê de Acompanhamento pela Sociedade Civil para a Classificação Indicativa (CASC) e demais entidades estaduais e nacionais sobre a extrema preocupação com recentes declarações do Ministro da Justiça sobre a política brasileira de Classificação Indicativa.

Nota pública sobre as declarações do Ministro da Justiça acerca da Classificação Indicativa

Continuar lendo “Nota pública sobre as declarações do Ministro da Justiça acerca da Classificação Indicativa”

Imprensa não aprendeu com o golpe de 1964, que apoiou e depois sentiu o peso da censura

Lalo Leal, RBA

O obscurantismo coloca a arte sob ataque

Imprensa não aprendeu com o golpe de 1964, que apoiou e depois sentiu o peso da censura. Agora, flerta com os obscurantistas. Aceita o risco de mais adiante vir a ser também uma de suas vítimas
por Lalo Leal publicado 07/10/2017 16h50
Rogerio de Santis/Futura Press/Folhapress

defesa do mam.jpeg

Pessoas abraçam o museu paulista com cartazes defendendo o MAM, a arte e a liberdade de expressão

Continuar lendo “Imprensa não aprendeu com o golpe de 1964, que apoiou e depois sentiu o peso da censura”

Brasil: O Grande Salto Para Trás

Documentário LEGENDADO da Arte, TV pública francesa, sobre o golpe no Brasil.

Título original: “Brésil : Le grand bond en arrière”.

 

 

 

 

Sobre a Lei de Acesso à Informação

ARTIGO 19 lança relatório sobre a jurisprudência da Lei de Acesso à Informação

 Captura de Tela 2017-10-06 às 09.19.59

A ARTIGO 19 lança nesta quinta (28), data em que é celebrado o Dia Internacional do Direito ao Saber, o relatório “A Lei de Acesso à Informação nos Tribunais Brasileiros”, trabalho que analisa como algumas cortes do país vêm julgando ações judiciais que envolvem a Lei de Acesso à Informação (LAI).

Baixe o relatório

Continuar lendo “Sobre a Lei de Acesso à Informação”

Universidades e atrocidades: o que vem se passando…?

 

zDH6FPy

Pesquisa mapeia estado da neutralidade de rede na América Latina

Captura de Tela 2017-09-27 às 09.12.02Material completo – AMéRICA LATINA – 2017

Fonte: Intervozes

Em pelo menos quatro países latino-americanos – Brasil, Chile, Colômbia e México – a neutralidade da rede tem sido sistematicamente violada. A principal forma de violação são os planos de tarifa-zero. É isso que mostra o relatório “Neutralidade de rede na América Latina: regulamentação, aplicação da lei e perspectivas – os casos do Chile, Colômbia, Brasil e México”, realizado por organizações desses países, que se dedicaram a mapear os avanços e desafios da implementação da neutralidade de rede nesses países. Continuar lendo “Pesquisa mapeia estado da neutralidade de rede na América Latina”

Blog no WordPress.com.

Acima ↑