Letícia Clares

A constituição da autoria na comunicação científica: ritos genéticos editoriais em periódicos

Considerando as discussões desenvolvidas na pesquisa de mestrado Mediação editorial na comunicação científica: um estudo de dois periódicos de humanidades, financiada pela Fapesp (processo n. 2015/01224-5), propomos neste Projeto de Pesquisa um estudo que avança na problemática investigada, focalizando a constituição da autoria na comunicação científica. Para isso, delimitamos como corpus a revista do Instituto de Estudos Brasileiros, Rieb, a do Programa de Pós-Graduação em Geografia da FFLCH-USP, Geousp: espaço e tempo, a do Departamento de Engenharia de Materiais da UFSCar, Materials Research, e a da Associação Brasileira de Cerâmica, Cerâmica Industrial. Com base no quadro teórico e metodológico da Análise do Discurso de linha francesa, nosso objetivo é examinar as condicionantes definidoras da autoria de artigos científicos destinados à publicação em diferentes áreas de saber, levando em conta a relação autor-coenunciador editorial inscrita no que se pode referir como ritos genéticos editoriais (SALGADO, 2011), com apoio na metodologia analítica da gestão do lugar de autor definida como paratopia criadora (MAINGUENEAU, 2006).

Palavras-chave: autoria; comunicação científica; mediação editorial; paratopia criadora.

Pesquisa em andamento no Programa de Pós-Graduação em Linguística da UFSCar.