#OcupaMinC: Ocupações contra o fim do Ministério da Cultura já atingem mais de 12 capitais

 

Agitadores culturais, ativistas e classe artística compõem, desde a semana passada, uma mobilização que já ocupa dezenas de prédios ligados ao Ministério da Cultura, extinto pelo governo provisório de Michel Temer. Protestos contam com shows e apresentações e já ganharam apoio dos principais nomes da classe artística e musical como Fernanda Montenegro e Caetano Veloso. Confira a lista das ocupações

Captura de Tela 2016-05-20 às 00.23.23

 

Por Redação

Michel Temer bateu o martelo com relação ao fim do Ministério da Cultura, nesta quarta-feira (18), ao nomear Marcelo Calero como secretário de Cultura, pasta subordinada ao Ministério da Educação. A decisão só fez crescer ainda mais a mobilização contra o fim do MinC, que começou na semana passada.

 

Agitadores culturais, músicos, cineastas, ativistas e classe artística em geral ocupam, neste momento, mais de 12 prédios ligados ao Ministério da Cultura espalhados pelo país. Em um ato de resistência, os manifestantes se posicionam contra o governo provisório de Temer e reivindicam o restabelecimento imediato da pasta, até então capitaneado pelo baiano Juca Ferreira.

Grandes nomes do meio artístico já manifestaram apoio às ocupações e também reivindicam a volta do ministério. Como forma de solidariedade, músicos vêm se apresentando nas ocupações e reunindo públicos cada vez maiores – o que faz com que a mobilização ganhe cada vez mais notoriedade.

No Rio de Janeiro, por exemplo, onde manifestantes ocupam o Palácio Gustavo Capanema, Arnaldo Antunes e Otto já fizeram apresentações. Caetano Veloso, Erasmo Carlos, Leoni, Frejat e Pedro Luiz devem se apresentar nos próximos dias. Em São Paulo, manifestantes ocupam o prédio da Funarte e já contaram com um show do paraibano Chico César.

Diversos atores, atrizes, cineastas e representantes de outras frentes de manifestações culturais e artísticas já passaram pelas ocupações. Todas elas, em suas páginas no Facebook, compartilham vídeos com falas e intervenções dos manifestantes e dos visitantes. Além das listadas abaixo, há registros de ocupações em prol do MinC em Aracaju e João Pessoa. Confira a lista e suas páginas.

Curitiba https://www.facebook.com/MinCResiste/

Belo Horizonte https://www.facebook.com/funartemgocupada/

Anúncios