Captura de Tela 2016-04-28 às 23.43.37

Fotojornalista falou perante os 500 maiores líderes da imprensa mundial: “Eu sou contra o golpe”

O renomado fotógrafo brasileiro Maurício Lima denunciou o golpe contra a democracia em andamento no Brasil e criticou a Rede Globo durante discurso ao ganhar o prêmio jornalístico The John Faber Awards, nesta quinta-feira (28), em Nova York, Estados Unidos.

Após os agradecimentos, o jornalista falou sobre a situação política no País e se posicionou: “Eu acredito que todos aqui sabem o que está acontecendo no Brasil e eu gostaria de expressar meu suporte à liberdade de imprensa e à democracia, que é o exatamente o que não está acontecendo no Brasil neste momento”.

Antes de se retirar, Lima finalizou perante os 500 maiores líderes da imprensa mundial: “Eu sou contra o golpe”.

Enquanto falava, Maurício levantou uma placa escrito “Golpe Nunca Mais”, sendo que a letra “o” foi substituída pelo ícone da Rede Globo.

Na ocasião, Lima recebia o prêmio The John Faber Awards, da Overseas Press Club, que representa a melhor reportagem fotográfica internacional em jornal ou veículos de informação.

Assista ao momento aqui:

Mauricio Lima contribui para os Jornalistas Livres e é um dos fotojornalistas mais importantes em atuação. Ganhou o Prêmio Pulitzer 2016 pela cobertura dos refugiados na Europa e no Oriente Médio, entre outros prêmios.

 

 

Anúncios